banner

Hidróxido de Cálcio

Postado por: | 7 de abril de 2012 | Materiais Dentários, Resumos - 10 Comentários

Material de proteção pulpar. O hidróxido de cálcio é o principal material usado para forramento cavitário. Sua reformulação fez com que ele seja usado como cimento para base. É uma suspensão com um solvente e um agente espessante. Quando é colocado sobre a parede pulpar, o solvente evapora, deixando uma fina camada de hidróxido de cálcio. O forramento não possui uma resistência mecânica suficiente ou uma capacidade de isolamento térmico, mas pode neutralizar ácidos que migram para a polpa, além de induzir à formação de dentina reparadora.

Características
Muito usado devido à capacidade de estimular a formação de dentina reparadora ou reacional e dentina esclerosada. Além de proteger a polpa contra estímulos elétricos e térmicos

Tipos

  • Hidróxido de cálcio pró-análise (pó)
  • Solução de hidróxido de cálcio
  • Suspensão de hidróxido de cálcio
  • Pasta de hidróxido de cálcio
  • Cimento de hidróxido de cálcio

DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO PRÓ-ANÁLISE (P.A.)

  • Pó branco  (maior pureza estimula muito mais dentina)
  • pH elevado (perto de 12)
  • solúvel em água (não deve entrar em contato com a saliva)

Indicação

  • Capeamento pulpar direto. Pode ser colocado diretamente em contato com a polpa ( nenhum outro material pode, só ele)
  • Estancar o sangramento ou exudato (células mortas)
  • Não indicado para adulto, que formará dentina muito lentamente, pode atingir e infeccionar a polpa e terá que fazer a pulpotomia (retirada da polpa coronária).

SOLUÇÃO DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO

  • Conhecida como água de cal
  • Pode ser feito no consultório.
  • É o Ca(OH)2 P.A. em água destilada, soro fisiológico ou tergentol, numa concentração de 0,2%.
  • Proporção: 10 ou 20 mg de Ca(OH)2 P.A. / 100 ou 200 ml de água destilada, soro ou tergentol

Características – Solução

  • Promoção de limpeza e hemostasia no caso de exposições pulpares
  • Mistura – repouso
  • O excesso de hidróxido de cálcio – sedimentado no fundo do recipiente
  • Não agitar para o uso – a solução alcalina fica acima da deposição, numa concentração de 0,2% de hidróxido de cálcio

Manipulação – Solução

  • A partir do hidróx. de cálcio pró-análise dissolver em água destilada obtendo uma solução de água de cal.
  • Aplicar a água de cal na cavidade com auxílio de uma seringa.
  • Aguardar a hemostasia;
  • Secar cuidadosamente com bolinhas de algodão.

Indicações – Solução

  • Lavar cavidade antes que a proteção pulpar e restauração sejam colocadas
  • Além da limpeza, sua alcalinidade neutraliza a acidez da cavidade
  • Atua como agente bacteriostático  (inibe o desenvolvimento de bactérias)
  • Estimula a calcificação dentinária
  • É hemostático nos casos de exposições pulpares
  • Todos os tipos de cavidades, em qualquer profundidade

SUSPENSÃO DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO

  • Hidróxido de Cálcio em solução aquosa de metil-celulose Ex.: Pulpdent Líquid
  • Tem que comprar pronto, não se faz em laboratório.

Indicações – Suspensão

  • Forramento de cavidades rasas
  • Forramento de cavidades média e profunda, antes da cimentação
  • Usada em cavidades com dentina esclerosada, pois já que ela não permite a passagem muito bem de estímulos, a suspensão é uma camada fina. Em dentinas claras, opta pelo crescimento de H.C.

Características – Suspensão

  • Deve ser agitado antes do uso
  • Produto com dispositivo apropriado com uma cânula que permite gotejar a suspensão dentro da cavidade
  • Uma ou duas gotas de suspensão – suficientes para um forramento adequado
  • Após a colocação da gota, esta deve ser seca com leve jato de ar até que se forme uma película forradora branca e fosca

PASTA DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO

  • Diferencia-se na composição, consistência e na presa.
  • Composta de Hidróxido de Cálcio P.A. em água destilada podendo ser preparada pelo profissional ou encontrada na forma comercial.
  • É o que tem maior capacidade de estimular dentina reacional ( micro-exposição  ou quase micro-exposição).
  • É o que fica embaixo da solução (decantado), é uma pasta, mas é o mesmo efeito do pó, só que melhor para utilizar.
  • OBS.: O cimento de hidróxido de cálcio é o segundo com maior concentração, o primeiro mais concentrado é a pasta de hidróxido de cálcio.
  • Ex.: Calxyl, Hypo-call, Pulpdent Past

Características – Pasta

  • Comercializada – outros constituintes como o cloreto de sódio, potássio, cálcio e carbonato de cálcio ou adição de sulfato de bário que torna a pasta radiopaca
  • Capacidade de estimular a formação de dentina reparadora – sobre a polpa exposta
  • Diferentes das demais na composição e consistência;
  • Não endurecem quando levados à cavidade;
  • Indicada em capeamento direto (com exposição pulpar) preservando a vitalidade pulpar;
  • Pode ser substituído por cimento quando controlado o sangramento.
  • Agrupando os que têm a maior capacidade em formar dentina reacional, temos: pró-análise, em seguida a pasta de hidróxido cálcio, cimento, suspensão e por último, a solução.

Indicações – Pasta

  • Proteção direta  (forramento direto sobre a polpa, só ele pode), quando ocorre uma exposição pulpar acidental.
  • Forramento indireto: aplicada sobre dentina (não sobre polpa nesse caso)
  • Tratamento expectante - Tratamento expectante: lava-se a cavidade com solução de hidróxido de cálcio, coloca a pasta, depois um OZE tipo II e restaura, ou deixa só o OZE, após um mês vê se há sensibilidade, rebaixa o OZE e restaura. Pode se restaurar logo na primeira sessão.
  • Pulpotomia – Aguardar aproximadamente 1min e 30s; o material não toma presa, só a secagem.
  • OBS.: Em polpa exposta, pode se colocar o hidróxido de cálcio e depois forramento por cima, mas em contato com polpa, só ele.

Manipulação – Pasta

  • A partir do hidróx. de cálcio pró-análise dissolver em água destilada até se obter uma consistência pastosa;
  • Aplicar a pasta com espátula de inserção n°1;
  • Acomodar a pasta com bolinha de algodão presa por uma pinça clínica.

CIMENTO DE HIDRÓXIDO DE CÁLCIO

  • Surgiu em 1960 pela necessidade de resistência mecânica após a presa.
  • Apresentam-se em duas pastas: Pasta Base e Pasta Catalisadora
  • Pasta Base: Glicol silicato, fosfato de cálcio, tungstato de cálcio, óxido de zinco, sulfato de bário e pigmentos inorgânicos
  • Pasta Catalisadora: Etiltolueno sulfonamida (plastificante), hidróxido de cálcio, óxido de zinco, dióxido de titânio, estearato de zinco, pigmentos inorgânicos
  • Ex.: Dycal, Hidrex, Hidro-C

Apresentação – Cimento

  • Duas pastas (pasta base + pasta catalisadora) ou pasta única fotoativa

Características – Cimento

  • Estimula a formação de dentina reacional (ponte de dentina);
  • Alcalino,pH próximo de 12 neutraliza ácidos;
  • Suas partículas obliteram os túbulos dentinários;
  • Baixo custo e fácil utilização;
  • É bactericida e bacteriostático;
  • Alta solubilidade em ácido(devendo está protegido por cimento mais resistente a solubilidade);
  • Auto-ativadas.

Indicação – Cimento

  • Forramento de cavidades rasas, médias e profundas (sem exposição pulpar)

Manipulação – Cimento

  • Simples – proporciona partes iguais das duas pastas, homogeniza e leva a mistura à cavidade, com instrumental adequado
  • Dispensar partes iguais das pastas sobre o bloco de papel.
  • Com o auxílio de uma espátula misturar rapidamente por 10s a 15s até homogenizar;
  • Levar a cavidade com o aplicador de hidróx. de cálcio;
  • Limpar com gaze a cada coleta;
  • As áreas a serem aplicadas correspondem à posição dos cornos pulpares na parede axial e pulpar.

Cimento de hidróxido de Cálcio Fotopolimerizável

  • Cimento de hidróxido de Cálcio – acrescido de resina composta – em pasta única
  • Exs: Renew e Biocal
  • Hidróxido de Cálcio – fotopolimerizável e radiopaco
  • Alta resistência à dissolução pelo ácido fosfórico, utilizado no condicionamento ácido das estruturas dentais
  • Coloração semelhante à dentina, o que impede sua influência na coloração final das restaurações de resinas compostas
  • É também ótimo protetor contra estímulos térmicos e elétricos conduzidos por restaurações metálicas e amálgama

PROTEÇÃO PULPAR

Injúria Pulpar

  • Brocas sem capacidade de corte
  • Pressão
  • Velocidade
  • Vibração
  • Calor
  • Ácidos (forramentos ou restauradores)
  • Resinas (monômeros)

Diagnóstico das alterações pulpares

  • Percussão horizontal e vertical
  • Sensibilidade ao frio
  • Sensibilidade ao calor

Fatores a considerar

  • Profundidade da cárie
  • Idade do paciente
  • Condição pulpar (inflamação)
  • Dentina remanescente

Cimento de Fosfato de Zinco
Cimento de Óxido de Zinco e Eugenol (OZE)

COMENTE USANDO O FACEBOOK


Você gostou dessa notícia? Então aproveite para curtir nossa página no Facebook e seguir nosso perfil no Twitter e Instagram. É só clicar nos botões logo abaixo. Além de nos ajudar você receberá mais informações, curiosidade e bom humor. OBRIGADO!!! :-)
Instagram

10 Comentários "Hidróxido de Cálcio"

  1. Ramona Sales 15 de junho de 2012 às 2:40 am · Responder

    ]

  2. Airton Araujo 17 de junho de 2012 às 1:02 pm · Responder

    Ola Daniel. muito boas suas informações. sou estudante do 7 semestre. e essas informações. me ajudaram. continue postando . um abraço..airtonaraujo- @hotmail.com

  3. Tathy Sant'Anna 19 de setembro de 2012 às 1:18 pm · Responder

    Ameiiii Seu blog, me ajudou mtoooo…^^

  4. Valeriianke 1 de outubro de 2012 às 6:59 pm · Responder

    amei as dicas muito bom estou estudando para acb, e consegui me atualizar!

  5. Alexsandra Santiago Teixeira 23 de outubro de 2012 às 7:48 pm · Responder

    gostaria que vc me mandasse essa materia de hidroxido de calcio gostaria de usar nun trabalho do meu curso de tecnico em saude bucal por favor . manda nesse email caso vc me libere Marcos.tonin@hotmail.com

  6. Ísis Martins 11 de dezembro de 2012 às 1:43 pm · Responder

    Muito Bom !

  7. Maria José da Silva 2 de janeiro de 2013 às 12:38 am · Responder

    Olá Daniel, sou recem-formada e gostei muito de conhecer o seu blog, sucesso para voce.Até mais, Maria José.

  8. Sirley Santos 14 de março de 2013 às 5:51 pm · Responder

    olar daniel gostei do seu blog.

    • Edgar Silva 21 de março de 2013 às 2:25 pm · Responder

      Oi bom dia, vou passar a semana santa ai gostaria de encontrar com voce pra voce tirar esta mal impresao que ficou de mim, sera que posso mim esplicar?

  9. Bárbara 11 de abril de 2013 às 7:28 pm · Responder

    se puder me enviar por email, essas informaçoes irao me ajudar para a realização de um trabalho.

COMENTE

Copy Protected by Chetans WP-Copyprotect.